Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação

FIESC - SENAI

  • Spanish
  • French
  • Japanese
  • Russian
  • Arabic
  • Italian
  • Chinese (Simplified)
  • Português
  • Deutsch
  • English

instituto senai de tecnologia em materiais

criciúma/sc

O Instituto SENAI de Tecnologia em Materiais está estruturado nas Plataformas de Cerâmicas Tradicionais e Avançadas, Materiais Poliméricos, Metais Ferrosos e Não Ferrosos e Qualidade e Produtividade na Cadeia da Construção, atendendo as indústrias destes setores para que as mesmas possam alavancar novas oportunidades e se manterem competitivas. As atividades do Instituto abrangem principalmente o desenvolvimento e caracterização de materiais, produtos e processos produtivos, soluções para a melhoria da qualidade, redução de custos e desperdícios, bem como o aumento da produtividade.

Clique aqui e faça o download do folder do Instituto

Endereço:
Rua General Lauro Sodré, 300. Comerciário
Criciúma / SC - Brasil CEP: 88802-330
Telefone: 48 3431-7100
Email: istmateriais@sc.senai.br

materiais

cerâmicas tradicionais e avançadas

Pesquisa aplicada, serviços laboratoriais e consultorias especializadas visando a melhoria de processos e produtos para os setores de cerâmica estrutural e de revestimentos, materiais vítreos e cimentícios, biomateriais, filtros e cerâmicas de alta performance.

polímeros

Pesquisa aplicada, serviços laboratoriais e consultorias especializadas direcionados a polímeros de engenharia, aplicações industriais aos setores têxtil, biomédico, defesa, eletrônica, tintas, aditivos, tubos e conexões, além de embalagens ativas e inteligentes e produtos degradáveis e de fontes renováveis.

metais ferrosos e não ferrosos

Pesquisa aplicada, serviços laboratoriais e consultorias especializadas para a melhoria das propriedades físicas, tribológicas e anticorrosivas em metais e ligas metálicas.

compósitos

Pesquisa aplicada, serviços laboratoriais e consultorias especializadas visando a melhoria das propriedades mecânicas, térmicas e químicas, possibilitando a diversificação na aplicação dos materiais.

qualidade e produtividade da cadeia da construção

Desenvolvimento e avaliação de sistemas construtivos e implementação de mecanismos de modernização tecnológica e gerencial para melhoria do desempenho de processos e produtos, por meio de serviços de consultoria especializados, pesquisa aplicada e ensaios laboratoriais.

 

serviços laboratoriais

  • Caracterização química, térmica, física e reológica
  • Caracterização de microestrutura
  • Intemperismo
  • Caracterização de cerâmica de revestimento, blocos e telhas cerâmicas e de concreto
  • Caracterização de copos descartáveis e eletrodutos
  • Caracterização de tubos e forro de PVC
  • Caracterização de tintas imobiliárias
  • Caracterização de embalagens rígidas e flexíveis
  • Caracterização de borracha

consultorias especializadas

  • Melhoria de processo produtivo em materiais cerâmicos, poliméricos e metálicos
  • Eficiência energética
  • Otimização de lay-out do processo produtivo
  • Sistemas de gestão para certificação de produtos
  • Implementação do SiAC e NBR ISO 9001 e adequação à NBR 15.575/2013 (norma de desempenho) Ferramentas da qualidade
  • Inspeção em materiais cerâmicos, poliméricos e metálicos

inovação

  • Materiais cerâmicos
  • Materiais poliméricos
  • Materiais metálicos
  • Materiais compósitos
  • Valoração de resíduos
  • Sistemas construtivos inovadores

KS ARTEFATOS DE CIMENTO LTDA
ADEQUAÇÃO DE PRODUÇÃO AO PROGRAMA SETORIAL DE QUALIDADE – PSQ DE BLOCOS DE CONCRETO

ks-capa

Melhoria da qualidade e padronização do processo produtivo do bloco de concreto estrutural 14x19x39 cm classe C da ABNT NBR 6136 – Blocos Vazados de concreto simples para alvenaria, colocando à empresa em um nível qualidade no qual pode certificar o seu produto junto ao Programa Setorial da Qualidade, gerido pela Associação Brasileira de Cimento Portland.

ks-case


bee-depoimentos

“A consultoria prestada pelos técnicos do SENAI contribuiu para a melhoria e desempenho na qualidade da fabricação dos blocos de concreto estrutural, visto que a necessidade de padronizar e qualificar o produto e a produção fazem parte das necessidades impostas pelas normas brasileiras.”
                              Luis Fernando Kras SerranoDiretor

bee-resultados-quantitativos

ks-grafico-1

CP= Corpo de prova

bee-resultados-qualitativos

  • Diminuição da absorção à água atendendo ao requisito da classe C da ABNT NBR 6136;
  • Controle dimensional durante o processo de fabricação por meio de gabarito;
  • Estruturação de laboratório para controle dos blocos acabados, para verificação do atendimento aos requisitos da NBR 6136;
  • Construção da câmara de cura, garantindo o ganho de resistência de forma adequada;
  • Construção das baias de armazenamento de agregados, garantindo que os mesmos não sejam contaminados pelo solo do local ou por outros agregados;
  • Implantação de controle e rastreabilidade de lotes de produção;
  • Composição de um novo traço eliminando uma matéria-prima (Areia fina) da composição, agilizando o processo de carregamento e disponibilizando o espaço antes ocupado pelo material para outros fins.

 

SENAI/SC - INSTITUTO SENAI DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS
DESENVOLVIMENTO DE FERTILIZANTE A PARTIR DO REAPROVEITAMENTO DO LODO DE LAVANDERIA INDUSTRIAL

fertilizante-capa

O objetivo deste projeto foi fabricar fertilizante a partir do reaproveitamento de efluentes químicos orgânicos e inorgânicos do setor de lavanderia industrial. As lavanderias industriais têm um problema que é a dificuldade de tratamento dos efluentes gerados por este tipo de processamento e, dentro desta necessidade, o SENAI/SC apresentou uma alternativa para desenvolvimento de fertilizante ecológico e sustentável, obtido a partir do reaproveitamento destes efluentes.

fertilizante-case


bee-depoimentos

“O desenvolvimento de fertilizante a partir do reaproveitamento do lodo de lavanderia industrial foi uma importante iniciativa do Senai/SC. A solução encontrada para esta aplicação foi extremamente inovadora e sustentável, sem causar danos nem prejuízos ao meio ambiente, desenvolvendo um produto ecológico e sustentável, com custos de fabricação bastante competitivos. Isso levou a equipe técnica ser reconhecida nacionalmente em função dos resultados apresentados.”
                             Rosaura PiccoliPesquisadora - Senai/SC

bee-resultados-quantitativos

A Figura 1 demonstra o fluxo de caixa previsto para os primeiros 5 anos de comercialização do produto, considerando um preço médio de venda de R$ 2,50 o quilo.

fertilizante-grafico-1

Inicialmente considera-se uma produção de 300.000 kg/ano do produto para 2015.

bee-resultados-qualitativos

  • O processamento de um efluente industrial para obtenção de fertilizante constitui-se uma importante iniciativa, visto que a grande maioria dos fertilizantes é obtida através da mineração do subsolo, gerando impactos consideráveis ao meio ambiente e com o desenvolvimento deste projeto além da minimização destes impactos;
  • É um produto ecológico e 100% sustentável;
  • O Fertilizante foi testado e aprovado para aplicação na agricultura sem restrições de uso;
  • O projeto visa atender o mercado de agricultores de pequeno e médio porte que hoje não tem acesso devido aos elevados preços com que são comercializados estes produtos;
  • Para facilitar a comercialização sugere-se que seja comercializado em embalagens de 1 kg; 3 kg e 5 kg, forma esta que proporciona fácil acesso ao produto;
  • Preço altamente competitivo possibilitando fácil inserção no mercado;
  • Linha de produção e distribuição eficiente, facilitando a inserção do produto no mercado.

 

O Instituto SENAI de Tecnologia em Materiais foi autorizado pelo Ministério das Cidades para atuar como INSTITUIÇÃO TÉCNICA AVALIADORA (ITA) no Sistema Nacional de Avaliações Técnicas (SINAT) do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H).

laboratórios

  • Laboratório de Desenvolvimento e Caracterização de Materiais – LDCM – Criciúma